• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Blogs Parceiros
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Contato
  • Querido John, Nicholas Sparks (livro + filme)

    Por Gabriele Figueiredo


    Ganhei esse livro em no meu aniversário em 2011, mas só agora resolvi ler. Fiquei enrolando porque já sabia que era um livro pra chorar, rsrsrs. E por um acaso do destino, uma semana depois que eu terminei de ler o livro, eu estava em casa de molho por causa de uma gripe e o filme passa no Telecine. Então vou aproveitar todos esses acasos para fazer uma resenha dupla, filme e livro, porque eles têm algumas diferenças gritantes!! Algumas eu até gostei, mas outras achei que descaracterizaram os personagens. Enfim, vamos à resenha.

    Vamos começar pelo livro.

    John é um jovem que decide ir para o exercito após anos de rebeldia. Ele morava com o pai, que era um colecionador de moedas. Um homem muito calado, mas que se esforçava muito para educar seu único filho sem a ajuda de mais ninguém. O único assunto que ele conversava com John era sobre as moedas e após alguns anos falar sobre as moedas se tornou insuportável para o adolescente rebelde que ele se tornara, então os dois não se falavam muito desde então.

    John levava uma vida sem muitas preocupações, surfava todos os dias e depois ia para um bar encontrar com os amigos. Nunca havia levado seus relacionamentos a serio e não tinha nenhuma perspectiva de estudar ou constituir família.  Até namorar uma garota que terminou o relacionamento por achar que ele não ia a lugar algum. A partir daí,  John decide fazer algo da sua vida e se alista para o exército.

    Em uma de suas licenças, John conhece Savanah, uma jovem universitária que estava na cidade para construir casas de forma voluntária para pessoas necessitadas. Savanah já fazia esse tipo de trabalho voluntario há alguns anos, mas era o primeiro ano que o fazia sem a companhia dos pais. Ela estava com uma turma de estudantes universitários que eram liderados pelo seu melhor amigo, Tim. Savanah era estudante de educação especial e decidiu seguir essa carreira por causa do irmão de Tim que era autista.

    Savanah e John começam a sair e um amor nasce entre eles, porém a licença de John só durava duas
    semanas e eles tiveram que se separar, porém decidiram que iriam continuar o relacionamento, mesmo sabendo que seria difícil e que só se veriam dentro de mais um ano. Para amenizar a dor da distância eles prometem escrever cartas com frequência um para o outro, até que eles possam se encontrar novamente. Uma história emocionante, o livro traz a lição de que o verdadeiro amor é entrega, mas que ele também é abdicação de si pela felicidade do outro, pois quem ama somente quer o melhor para a pessoa amada.

    Quando eu assisti ao filme, confesso que me decepcionei um pouco. Alguns fatos foram tirados, outros acrescentados, mas até aí tudo bem porque é uma adaptação. Mas alguns fatos eram importantes serem mantidos fiéis  ao livro, até pra dar a carga emocional que a história precisa. Um exemplo disso é ter mudado completamente o perfil de Tim, o melhor amigo de Savanah. No filme ele é um cara mais velho que foi abandonado pela mulher e o garoto que motiva Savanah a estudar educação especial é filho dele. E eu esperando o amigo bonitão aparecer. Fiquei super frustrada! Pelo menos o filme também é emocionante, mas não tanto quanto o livro que eu tive que parar de ler várias vezes com vergonha de chorar no ônibus,  Rsrsrs. Coisas de Nicholas.



    24 comentários :

    1. Eu nunca assisto filmes antes de ler o livro, mas eu comecei a assistir "Querido John" porque achava que nunca fosse gostar de Nicholas Sparks, agora agradeço por eu ter dormido no comecinho, hahahahah.
      Li "A ultima musica" e me apaixonei pelo Nicholas, agora quero comprar e ler todos os livros dele. :3 Determinação eu já tenho, agora só falta o dinheiro, hahahahah.
      Não gosto muito de adaptações por causa disso, sempre falta uma parque que eu gostei muito e sempre acho que colocam umas coisas completamente aleatórias que tiraram do além, porque né, hahahah.

      Coral,
      http://universeforwords.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Coral, o Nicholas é realmente um excelente autor, é pra se apaixonar mesmo. Fique ligada que em breve teremos promoções dele aqui no blog. Beijos!

        Excluir
    2. Eu somente li o livro e não pretendo ver o filme!!!
      Achei o livro muito triste, não cheguei a chorar, mas é mito triste mesmo. Depois desse não li mais nada do Nicholas. Estou traumatizada!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Tenha calma, Thay! Não precisa ficar traumatizada não...Mas os livros do Nicholas são realmente para chorar, rs. Beijão!

        Excluir
    3. Nunca li o livro, mas assisti ao filme e me decepcionei. Não gostei de nada!
      Talvez seja a atuação do ator que interpreta o John, que acho bem ruim...
      Uma amiga que já leu o livro e viu o filme, me animou a lê-lo, pois disse que é bem melhor, mas não estou com muita vontade de fazê-lo por hora, quem sabe um dia...

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É, Gladys...filme e livro não aprecem entrar em sintonia. Nunca consigo gostar de filme. A única exceção foi o filme "As Horas", que foi perfeitamente fiel ao livro. Depois descobri o milagre: o roteirista foi o próprio autor, rs.

        Excluir
      2. A adaptação de Orgulho e Preconceito é bem fiel ao livro.

        Excluir
    4. Oi, Gabriele. Citei esse post no Nicholas Brasil:

      http://nicholasbrasil.com.br/resenha-de-querido-john-por-gabriele-figueiredo/

      Abraço!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obrigada, querido! Irei ver o site, não conhecia.

        Excluir
    5. Já li o livro e não gostei nem um pouco. Achei os dois personagens uns idiotas, pois eles não lutaram, deixaram tudo acontecer errado cara e deu naquele final tosco. Já assisti o filme e tbm não achei grande coisa. Até agora não gosto do autor, não consigo gostar, porém vou ler Porto Seguro para ter certeza se realmente não aprecio a literatura do Sparks.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Jeniffer, o Nicholas tem esse poder: é amado e odiado ao mesmo tempo e isso é normal nos autores que fazem sucesso. Ee segue sempre uma mesma linha e se a pessoa não gosta do estilo, aó não tem jeito. Mas leia "Um Porto Seguro". Quem sabe você não muda de opinião? Bjão!

        Excluir
    6. Um dos livros românticos mais bonitos que já li. O filme é muito bonito também! Mas o livro é incomparavelmente mais tocante!
      Me lembro que fiquei dois dias pensativo com essa história.
      E fiquei me perguntando que droga de homem sentimental eu sou? hauahauhauhau. Parabéns pela resenha!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sentimental eu sou...eu sou demais! Parabéns pra você por ser assim, viu? Que bom que gostou da resenha. Bjos!

        Excluir
    7. Ótima resenha, Gabriele!
      Não vi o filme ainda, mas quero ler o livro.
      Espero ganhar a promoção! :)
      Abrs

      ResponderExcluir
    8. Eu tenho o livro mas não li..eu vi o filme antes e não gostei, achei que era uma coisa e foi outra.
      Mas pelo que você comenta eles esta diferente do filme, eu espiei o final no livro e isso vi que estava diferente rs, não sei se vou ler tão cedo, o filme me deixou desanimada..
      beijos.

      ResponderExcluir
    9. Tive a mesma sensação que iria acabar chorando com o livro, e acabei adiando a leitura :)(o que não adianta nada pois sou uma chorona de carteirinha com passagens tristes em livros e filmes!). Mas, quem sabe me animo agora!!!
      Parabéns pela resenha.
      Bjs

      ResponderExcluir
    10. Amo e odeio Nicholas Sparks com a mesma intensidade. Amo tanto que tenho todos os livros lançados no Brasil e odeio a ponto de no final de cada livro lido jurar nunca mais ler nada do autor rsrsrsrs Não gostei muito do livro Querido John, achei a historia meio parada e o final é muito decepcionante. Não vi o filme ainda, mas normalmente não curto muito adaptações.

      ResponderExcluir
    11. eu so vi o filme e nao tive coragem de ler o livro poi sei que vou chorar muito, talvez no livro seja diferente, mas eu odiei a Savanah, serio.
      eu amoo tio Nicholase todo livro seu eu ja tenho de deixar os lencinhos guardados rsrs acho que vou dar uma chance para o livro e ver se mudo minha visao da personagem.
      bjs

      ResponderExcluir
    12. Poxa Ilmara,
      Eu só vi o filme, até tenho o livro, mas ainda não tive tempo de ler.
      Fiquei triste em saber que há uma diferença tão grande, mas confesso que me emocionei muito com o filme. Agora já fiquei ansiosa pra ler o livro.

      Bjok

      ResponderExcluir
    13. Ola tudo bem? Amo o Nicholas sparks e principalmente o livro Querido Jonh. Acabei de comprar um kit dele no submarino. Mas gostaria de saber se você sabe algum lugar que posso encontrar para eu comprar livros dele em kit. Pois os kits do submarino sempre repete um do kit anterios, não sei se da pra entender o que eu quis dizer kk. Obrigada.

      ResponderExcluir
    14. Acho que sou umas das poucas pessoas que não gostam da escrita do Nicholas Sparks, já tentei ler algumas vezes seus livros mas não consegui ir adiante..Quem sabe algum dia eu tente novamente, mas por enquanto não sinto vontade..

      ResponderExcluir
    15. Gosto muito de Nicholas Sparks , mas ultimamente não to tendo estrutura emocional pra ler nada dele , sei que vou me debulhar em lágrimas . Ainda não li Querido Jonh , mas vi o filme e gostei .
      Bjusss!!

      ResponderExcluir
    16. Já li o livro é amei a história do começo ao fim, só não curti muito o filme.

      Bjks
      Cacau

      ResponderExcluir
    17. Eu já li o livro e vi ao filme gostei dos dois e sou muito fã do Nicholas, eu só não gostei que mudaram umas coisas no filme como Savanah no livro é morena e no filme é loira, como assim.

      ResponderExcluir

    Sua opinião para mim é muito importante! Deixe o seu comentário!